29/12/2012

Convite para a posse de prefeito e vice-prefeito de Arari


ARARI: ELEIÇÕES À VISTA...


Após a posse dos vereadores de Arari, dia primeiro de janeiro, haverá a eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Arari.
Alguns nomes já ganham corpo nas especulações. Uns são dados como certos. Almir Leite, atual presidente, é certo como candidato à reeleição. Evandro Piancó também é um nome posto no tabuleiro. Mas correm por fora e podem ser a surpresa do jogo, conta que Cabito Abas, que é da oposição, Cafezinho que se deram brecha ele aproveita e se infiltra, Raimundo do Hospital, vereador de primeiro mandato, que tem sido fiel ao grupo do prefeito Djalma Melo e que sempre está disposto a contribuir. Outros nomes podem surgir. È só esperar. 
Até o dia primeiro muito água vai correr. 

ARARI BEM NA FITA: Márcio Jardim é Secretário da Prefeitura de São Luís


 
A NOTÍCIA FOI POSTADA PELO BLOG DO COMPANHEIRO JORNALISTA LUIS CARDOSO, QUANDO POSTOU A RELAÇÃO DOS SECRETÁRIOS DE EDIVALDO HOLANDA JÚNIOR.  VEJA O QUE DIZ POST:
SECRETARIA DE REPRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL NO DISTRITO FEDERAL
MÁRCIO BATALHA JARDIM
Graduado em História pela UFMA, professor da rede estadual de ensino (MA), ex-vice-presidente da União Nacional dos Estudantes, ex-conselheiro do Instituto de Cidadania durante gestão no órgão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, secretário de Relações Institucionais e Federativas da Prefeitura de Maricá(RJ), membro da direção nacional do Partido dos Trabalhadores. Integrou a assessoria do ex-governador Jackson Lago.
Opinião – É bom para São Luís, para o Maranhão e é motivo de orgulho para Arari.

Na cidade


Quem marca presença na terra dos poetas e escritores é o militante do PT, Márcio Jardim.
Na cidade, Marcio realiza reunião de confraternização com vários amigos, correligionários e com uma pitadinha de política.
Com forte influência no governo federal, Marcio Jardim, contribuiu com a sua empatia com a juventude, na campanha eleitoral próxima passada.
Há até os que experimentaram da influência política de Márcio Jardim e, com uns votinhos a mais e uma forcinha, tornaram-se vereadores, com a ajuda do bisturi, é claro.

Análise política


Acesso a muitos blogs, alguns deles, os tenho como favoritos, o de Robert Lobato é um deles. De quem admiro pela inteligência,  gosto do  texto e muitas vezes da sua postura.  Porém no post, Maranhão 2014: Flávio Dino e Luis Fernando, resisto em discordar de quase toda a análise, embora de forma respeitosa e civilizada.
Quem determinou que só Luís Fernando e Flávio Dino serão os futuros candidatos?
Podemos ter certeza de que teremos mais de dois candidatos e com potencial para disputar a eleição.
Luís Fernando quando prefeito de Ribamar realizava audiências coletivas e não ficava uma só pessoas sem que fosse atendida por ele.
Flávio vem da vontade popular, forjado na academia e na militância, gosta da aproximação do povo. 
Quem garante, por exemplo, que Washington Oliveira, João Castelo e Roberto Rocha não venham a disputar a eleição de governador? 
Entendo inclusive que precismos fazer política municipalista e valorizar grandes nomes do interior do estado. Novas lideranças precisam se apresentar para o processo político. O que eu sei é que é muito cedo.
Bem, mas essa é só a minha opinião.

28/12/2012

Eu calei, falei, resisti, consenti...


É tempo de amar
Eu vi o gemido,
escutei sua voz.
Eu olhei para o céu,
você estava lá: no brilho dos astros.
Eu vi infinito, constelações, horizontes,
Olhei você surgindo, apareceu em mim.
Eu vi o tempo correndo, senti você me amando.
Eu senti, o amor, calor dos teus braços, abrasar de corpo.
Vi, senti, enxerguei, ouvi, escutei, olhei, ofusquei você!
Eu me segurei, me soltei quando te vi.
Eu me procurei, estava em ti, distante de mim, noutro ser:
o ser que te ama...
Eu calei, falei, resisti, consenti.
Eu sei: é amor!

Nilson Ericeira
Robrielle