10/04/2010

EDUCAÇÃO

ALUNOS E PROFESSORES DO MARANHÃO PRESTIGIAM A PALESTRA DE EVANILDO BECHARA


Aconteceu no auditório do Liceu Maranhense, sexta-feira,dia 9, uma palestra ministrada pelo filólogo Evanildo Cavalcante Bechara.

Participaram da palestra, alunos e professores da rede pública estadual de Ensino. A palestra da Maratona Escolar Joaquim Nabuco que promovida pela Caixa Econômica Federal e que tem o apoio Cultural Academia Brasileira de Letras.

Professor Evanildo Bechara iniciou a palestra enfatizando vultos da expressão literária brasileira, de Sotero dos Reis, primeiro diretor do Liceu Maranhense e idealizador de uma Gramática na Língua Latina, de Gonçalves Dias, Antônio Lobo e outros literatos e, na ordem, cumprimentou a todos os presentes chamando atenção para a responsabilidade que todos têm de manter viva as essas raízes.

Bechara falou do expoente Joaquim Nabuco e estabeleceu analogia com a não menos importante história literária de Machado de Assis, fundador da Academia. Propõe o projeto uma redação-texto sobre Joaquim Nabuco. Nesse sentido falou de vários aspectos do gênio Joaquim Nabuco, envolvendo vida e arte literária, bem como diversas áreas do conhecimento pelas quais enveredou Joaquim Nabuco, no que, segundo o palestrante, remete a abordagens diferentes por parte dos participantes do concurso. Nesse sentido fez um verdadeiro relato histórico, literário e anotou diferenças na maneira de conceber que os dois intelectuais possuem. (trata da imortalidade do ser pela obra, pelo conhecimento).

Ao final da palestra, recebeu das mãos da representante da Caixa Econômica Federal (Maranhão) um brinde contendo livros do folclore maranhense. “Vou para o Rio de Janeiro e lá me deleitarei com esta literatura”, agradeceu o doutor honoris causa Evanildo Bechara.

Em seguida presenteou os alunos do liceu com três exemplares de gramáticas da Língua Portuguesa de sua autoria. Os exemplares ficarão na biblioteca Sotero dos Reis, do Liceu Maranhense.

Aplaudido e assediado até por mim, humilde professor, jornalista, psicopedagogo, especialista em Língua Portuguesa e estudante de Direito, o professor Evanildo Bechara concedeu autógrafos para alunos e professores, ao mesmo tempo em que posou para os fotógrafos, sempre ao lado dos solicitantes.

No final da palestra, sendo eu mesmo o mestre de cerimônias, não sabia se conduzia ou se o assediava, uma vez que, apesar da minha insipiência, teço na mesma rede da curiosidade por que passa os curiosos e sedentos pela nossa língua pátria. Na função de repórter ouvi a professora ,ouvimos a professora de Língua Portuguesa Latércia Moraes

Garrido, que tem exercício no centro de Ensino Gonçalves Dias, que fez menção aos estudos adquiridos com apoio das gramáticas editadas pelo professor Evanildo. Segundo a professora, muitos alunos e professores sempre estudaram pela gramática do professor Evanildo Bechara. Professora Latércia disse que todos ganham com a presença do professor Evanildo Bechara e emendou: “é uma grande honra recebê-lo para nos elucidar sobre Joaquin Nabuco que foi um estadista, político, foi um dos idealizadores da Academia Brasileira de Letras, um grande homem, foi político e é importante resgatar os grandes nomes da cultura brasileira”.

Já a professora Márcia Cristina Barros Martins, professora de Língua Portuguesa, da escola estadual Domingos Vieira Filho, no município de Paço Lumiar falou que é uma honra para todo o Estado do Maranhão e principalmente para cada professor que está aqui e com certeza o professor Evanildo Bechara veio para motivar os alunos de ensino médio que estão a concorrer no concurso de redação.

O professor Evanildo Bechara ensinou que leva do Maranhão, de alunos e professores das escolas públicas estaduais, é a certeza que esse brilho extraordinário que podemos encontrar no passado, está hoje refletindo no interesse, na curiosidade, na simpatia dos alunos e nos professores do Maranhão.